Fatima Elomar (ao centro) evita a imprensa ao deixar tribunal.


Fatima Elomar (ao centro) evita a imprensa ao deixar tribunal de Sydney, na Austrália. Elomar, que é mulher de Mohamed Elomar, combatente do Estado Islâmico, se declarou culpada por apoiar o envolvimento do marido em confrontos na Síria.          Lauren Farrow/EFE
0