Estado participará de pesquisa sobre substância para tratamento do câncer.

O Rio Grande do Sul, através do Laboratório Farmacêutico do Estado (Lafergs), vinculado à Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (Fepps), assinou termo de cooperação, nesta quarta-feira (18), para pesquisa e desenvolvimento de medicamento derivado da substância fosfoetanolamina sintética, usada para tratamento de câncer.
A adesão à iniciativa, formalizada em ato no auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa, ocorreu após um ciclo de discussões técnicas que envolveram apoiadores e os pesquisadores detentores da patente do projeto, criado no Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo.
0