Dilma sanciona lei de programa que já garantiu o emprego de 30 mil pessoas.

Em cerimônia nesta quinta-feira (19), a presidenta Dilma Rousseff sancionou a lei que institui oPrograma de Proteção ao Emprego (PPE) e garantiu que a medida trará segurança jurídica para que mais empresas possam aderir ao Programa. A presidenta destacou que, desde a edição da Medida Provisória que criou o programa, já foram feitas 33 adesões ao programa, além de outras 42 que estão em análise. Isso garantiu que 30.368 trabalhadores tivessem seus empregos garantidos e outros 12.264 possam manter seus postos de trabalho. Dilma ressaltou que o diálogo entre o governo e as centrais sindicais foi fundamental para os resultados expressivos que o PPE vem alcançando.
19112015-STUK5423-Editar
“[O PPE é vantajoso] para as empresas, porque podem ajustar sua produção sem abrir mão de seus trabalhadores, o ativo mais importante na retomada, sem incorrer em custos de demissão; para os trabalhadores, porque preservam seus empregos e preservam a maior parte dos seus rendimentos, e passam a vivenciar uma menor incerteza em relação ao futuro; para o governo federal, porque, diante da crise, esta é uma medida de proteção ao emprego. E, além disso, é possível que o gasto com o PPE seja menor do que com o seguro-desemprego e ainda preserva a arrecadação das contribuições sociais”, afirmou a presidenta.
0