Boneco do presidente Benigno Aquino queima em Manila durante protesto.


Boneco do presidente Benigno Aquino queima em Manila durante protesto para marcar os seis anos do chamado Massacre Maguindanao. O incidente é considerado o pior crime político das Filipinas, que deixou 58 mortos na província de Maguindanao, ao sul do país. As vítimas incluíram 32 jornalistas, fazendo deste o ataque mais mortal contra esses profissionais já registrado, segundo o Comitê de Proteção aos Jornalistas.    Mark R. Cristino/EFE
0