Bolzan aceita fazer "crediário" para manter elenco do Grêmio em 2016.

Cheque, cinco vezes no cartão ou à vista. O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, afirmou nessa quinta-feira que fará de tudo para assegurar a permanência do grupo que ajudou o Tricolor na campanha deste Brasileirão. O dirigente não quis detalhar as situações de Erazo e Maicon e preferiu dizer que o clube tem uma estratégia bem encaminhada para 2016. 
"O que mais temos dificuldade são nas questões de desencaixe financeiro. Acho até que poderíamos formar uma equipe quase imbatível se o clube tivesse mais capacidade para investir. O Grêmio está trabalhando com todas as condições possíveis, pode ser no troca-troca, no crediário, pode ser de qualquer maneira. Temos uma estratégia bem articulacada e desejamos manter o grupo para ter um elenco competitivo", disse Bolzan após a vitória sobre o Fluminense.
0